Os Desejos da Bela Adormecida de Anne Rice

5 jul
Na versão tradicional do conto “A Bela Adormecida”, imortalizada por Charles Perrault e pelos irmãos Grimm, o feitiço que cai sobre a linda e jovem princesa só pode ser quebrado pelo beijo de um príncipe. Sob o pseudônimo de A. N. Roquelaure, Anne Rice reimagina a história de Bela e expõe toda a subjetividade deste conto que povoa a imaginação coletiva, explorando sua ligação inegável ao desejo sexual. Aqui, o príncipe desperta Bela não com um beijo, mas com a iniciação sexual. Sua recompensa para acabar com os cem anos de encantamento é a escravidão total e completa de Bela a seu prazer. A heroína é levada para o castelo do príncipe onde terá de se submeter a provações inimagináveis como prova da sua entrega e dedicação, um universo que mistura prazer, dor e subserviência.

Meu comentário



Todos nós conhecemos a historia (versão Disney) da Bela Adormecida, a princesa vítima de um encantamento, foi condenada a dormir por 100 anos até ser despertada pelo beijo do príncipe. 

No primeiro volume da trilogia erótica de Anne Rice, temos uma versão nova e perturbadora do despertar de Bela.

“Ele montou na princesa, separando suas pernas, e atravessou sua inocência. Enquanto se unia a ela, o príncipe a beijou. E, então, os olhos de Bela se abriram.”

Li esse livro há alguns anos atrás e ainda não sei o que pensar sobre ele. 

Depois de acordar de seu sono encantado/amaldiçoado Bela é levada pelo príncipe – que a exigiu como tributo, por ele ter quebrado o encantamento – e fez dela sua escrava sexual. 

Depois de uma viagem humilhante – onde Bela foi levada nua do reino do seu pai até a corte onde serviria ao príncipe, castigada e exibida para todos os aldeões do caminho – é iniciado seu treinamento no castelo.

Lá descobre que não é a única escrava da Corte. Há muitos outros príncipes e princesas que foram enviados como tributos, e assim como ela, são mantidos nus e em suas mãos e joelhos para o uso irrestrito de todos os Senhores e Senhoras.

Apaixonada pelo príncipe e confusa pela nova vida ao qual é submetida, a princesa descobre no seu treinamento, através de constantes surras e degradações, que a dor, o prazer, a submissão e a devoção é o que agrada os seus mestres e amantes.

 Com descrições detalhadas e sem nenhum pudor, as cenas de sexo explícito – muitas vezes antes, durante e depois de castigos físicos torturantes – mostram uma visão chocante de Dominação e Submissão.

E não pensem que o livro se prende a relações convencionais. O homossexualismo é algo tão comum na historia quanto todas as torturas ao qual o escravo é submetido sem nenhum motivo aparente, apenas para o prazer da Corte. A cena que apresenta esse fato é mostrada no primeiro dia de Bela no castelo. 

O príncipe herdeiro humilha, castiga e sodomiza um escravo masculino  que Bela olhou –durante sua apresentação a Corte – apenas para que ela não repita seu erro, e isso, depois de espancá-la com um cinto.

 A narrativa é pelo ponto de vista de Bela, nos deixando a par de seus sentimentos contraditórios. Mesmo durante todo o tormento de sua escravidão, ela não consegue controlar os desejos de seu corpo. 
A excitação que é exigida de todos os escravos – que são treinados para demonstrar o tempo todo sua “paixão” –  é constante e persistente em Bela, fazendo com ela deseje –mesmo temendo – os castigos que recebe.

Uma historia voltada apenas para a dor e o prazer e a ligação entre eles.

 Recomento esse livro para aqueles de mente aberta e livre de preconceitos… e mesmo assim talvez não será o suficiente. 

É uma leitura nova e por vezes perturbadora, que mostra um significado completamente diferente do que eu imaginava do termo “perversão”.

A série continua em:

Curiosidades

-Hoje enquanto escrevia essa resenha, descobrir através da pagina do Face “Eu amo Ler” que o inicio da trilogia de Anne Rice é semelhante a historia original – antes de ser um conto infantil.

-Mais alguém percebeu a sugestão da flor na capa nacional?

-Abaixo as capas Americanas.

Anúncios

3 Respostas to “Os Desejos da Bela Adormecida de Anne Rice”

  1. Yasmin Dorneles julho 5, 2012 às 8:11 pm #

    Quero ler! está na minha lista de desejos…

  2. katia Anjo julho 6, 2012 às 11:39 am #

    estou com essa lista tbm ja pedi de presente !!!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Nova modinha – Parte II – Mais uma fanfic de Crepúsculo vai ser publicada « Obsessão Compulsiva - agosto 3, 2012

    […] “Toda sua” da série Crossfire e a resenha do primeiro volume da trilogia erótica de Anne Rice “Os desejos da Bela Adormecida”(que não considero parte da modinha, já que foi escrito a muitos anos atrás, e se não me engano, […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: