Amante Sombrio (IAN #01) – J. R. Ward

12 jul

Eu pensei muito sobre o que escreveria hoje, e ontem conversando com a Juliana no face, ela me perguntou se eu já fiz Resenha de IAN (Irmandade Da Adaga Negra). Como o blog é novo e os primeiros lançamentos – até os últimos – da série já possuem muitas resenhas por aí, não tinha escrito nada, porém, devido ao meu amor pela série resolvi começar a escrever sobre cada livro aos poucos!

Sinopse:

Nas sombras da noite, em Caldwell (Nova Iorque) se desenrola uma sórdida e cruel guerra entre os vampiros e seus carrascos. A Irmandade e seus caçadores e os assassinos. E existe uma Irmandade Secreta de seis vampiros guerreiros, os defensores de toda a sua raça. Nenhum deles deseja aniquilar a seus inimigos com tanta ânsia como Wrath, o campeão da Irmandade da Adaga Negra.
Wrath, o vampiro de raça mais pura dos que povoam a terra, tem uma dívida pendente com aqueles que, há séculos, mataram seus pais. Quando morre um de seus mais fiéis guerreiros, deixando órfã uma jovem mestiça, ignorante de sua herança e seu destino, não resta a ele outra saída senão levar a bela jovem para o mundo dos não mortos. Traída pela debilidade de seu corpo, Beth Randall se vê impotente para resistir aos avanços desse desconhecido, incrivelmente atraente, que a visita toda a noite, envolto nas sombras. Suas histórias sobre a Irmandade a aterrorizam e fascinam… E seu simples toque provoca chispas de um fogo que pode acabar consumindo a ambos.
A série está sendo publicada aqui no Brasil pela Universo dos Livrose acho a tradução deles boa, já li muitos livros traduzidos que os personagens perdem um pouco – muito – de suas características devido a tradução, mas isso não acontece muito com IAN, pelo menos não de forma acentuada! Se compararmos com muitas outras séries já publicadas e traduziras aqui no Brasil, acho que a tradução de IAN foi uma das melhores rsrs… Mas nada é perfeito… rsrs… Existe muita gente que não gosta das traduções, acham que suavisaram muitas cenas e que os personagens perdem um pouco suas características – isso pra quem leu original. Confesso que eu li os originais a muito tempo, então isso pode ter influenciado no meu gosto! rs…
Quanto as capas, eu já vi opiniões diversas, mas sinceramente, EU GOSTO das capas nacionais de IAN, acho elas bem feitas e com acabamento bonito. Realmente não tenho nada a reclamar sobre isso. 
 
 
A série já possui dez volumes mais o compendio. Eu mal posso esperar para o livro do Tohr lindo ser lançado aqui no Brasil, e ano que vem já teremos o livro dos lindos Quinn e Blay! *-* #TodasComemora! 
Os livros são:
  1. Dark Lover – Amante Sombrio
  2. Lover Eternal – Amante Eterno
  3. Lover Awakened – Amente Desperto
  4. Lover Revealed – Amente Revelado
  5. Lover Unbound – Amante Liberto
  6. Lover Enshrined – Amante Consagrado
  7. Insider’s Guide – Guia Oficial Da Série
  8. Lover Avenged – Amente Vingado
  9. Lover Mine – Amante Meu
  10. Lover Unleashed – Amante Libertada
  11. Lover Reborn – Ainda não publicado no Brasil 

Bem, vamos ao que interessa né minha gentem! Amante Sombrio… *Suspiros* O que falar do MEU Rei lindo e tudo de bom Wrath?! rsrs… Eu simplesmente sou apaixonada pelo primeiro livro da série, acho que a Ward simplesmente acertou em cheio ao escrever sobre Wrath e Beth! O Rei-Guerreiro-Vampiro mais lindo de todos os tempos, começa o livro como um homem distante e que não acredita no amor, mas simplesmente cai (leva um tombo mesmo, um soco no meio da cara! rsrs) de amores pela Beth que é filha do Darius um Irmão muito respeitado por todos e que foi assassinado nesse primeiro volume. Nesse livro a Ward nos apresente de forma perfeita um universo novo que ela criou, um mundo onde Vampiros existem sim, e são uma raça totalmente diferente, e que lutam contra os Redutores, homens criados para exterminar a raça Vamp. Ela nos apresenta os Irmãos que inicialmente parecem muito perigosos mas que com o decorrer dos livros percebemos homens completamente honrados e poderosos. Wrath é um Rei maravilhoso, bom, honesto, perspicaz e exerga exatamente o que precisa. Beth é uma Rainha perfeita para o nosso Rei, bondosa e valente. Os vampiros da Ward são simplesmente do jeito que a gente gosta: lindos, altos (muito altos, Ui), possessivos, ciumentos, protetores, fortes, inteligentes… enfim! rsrs… Como não gostar de uma série assim, e que possui uma escrita maravilhosa, a Ward arrasa.

Não preciso nem dizer que eu totalmente indico essa série, ela possui conteúdo Adulto, tem cenas sensuais, mas isso não preenche o livro, é simplesmente um complemento rsrs, a história em si é maravilhosa! Pra quem gosta de Romances Sobrenaturais, com vampiros maravilhosos, não perca tempo e leia! =)

E aí conhecem a série? Já leram? Gostaram? Beijos e até a próxima obsessão!                                   
                                 

Anúncios

6 Respostas to “Amante Sombrio (IAN #01) – J. R. Ward”

  1. Juliana Lacerda julho 12, 2012 às 11:16 pm #

    Legal, Yas! Vou comentar ponto-a-ponto:1) Tradução: nunca li a original, por isso não posso falar sobre isso. O q eu posso dizer e até já alertei a editora sobre isso é q, para uma editora, q deve contratar uma pessoa para revisar seus livros, os livros têm alguns erros de português q eu acho inaceitáveis, como por exemplo, "pegar os jeans", qdo o certo é "o jeans", se se referir a apenas uma calça, entre outros q não lembro agora;2) Capas: não curto mto pq não tem a ver com estória do livro. A q eu mais gosto é a do Rehv, acho bem a ver, inclusive a cor do livro, q é roxo-vinho-ametista! Olhando a ordem das capas q vc postou, vi q pulei o compêndio, kkkkkk! Agora só vou lê-lo qdo acabar o do Rehv, rsrsrsrs!3) O livro do Rei é outro q preciso reler, assim como fiz recentemente com o livro do Phury, pq o li faz tempo e lembro pouco da história inteira.Ótimo post, Yas!

  2. Yasmin Dorneles julho 12, 2012 às 11:28 pm #

    kkkkkkkkkkkk… sabe que eu li faz tempo os livros e sempre que eu vejo um erro eu esqueço depois… rs… mas concordo com vc sobre isso… e vira e mexe eu vejo errinhos nas publicações, acho que vou começar a anotar e "zuar" aqui no blog! Boa ideia Juliana! rsrs… acho que a única capa que saiu muito do personagem do livro foi a do John… embora eu achei que ficou bonita, o cara deveria ter cabelo curto rs…

  3. Juliana Lacerda julho 13, 2012 às 1:34 am #

    Eu acho a capa linda tb, mas não tem absolutamente nada a ver com o John.No Amante Vingado acabo de ver outro erro, além do clássicos "os jeans": o tal "nada demais", junto. É "nada de mais; nada de menos" 😉 Essa UDL…

  4. Dayana Lopes julho 13, 2012 às 10:22 pm #

    Eu também não tenho nada a reclamar da tradução se compararmos com outras por aí.Adoro essa série e mesmo depois de 11 livros ela não cansa. De todas as capas nacionais a de Amante eterno é a que fugiu completamente dos personagens…com esse modelo loiro, minha preferida é a de Amante libertado e Amante Revelado. E a capa original do livro Bay e Q espero que a nacional seja tão linda como ela. E só para terminar,meu livro preferido de todos é Amante eterno…Rhage…humn

  5. Dayana Lopes julho 13, 2012 às 10:24 pm #

    *Amante Desperto e não Libertado,rsrsrsr

  6. Yasmin Dorneles julho 14, 2012 às 12:15 am #

    rsrs… eu sou fã do primeiro livro… Amante Sombrio, mas tb gosto mt de Amante Vingado… e o do Tohr que não foi publicado eu gostei apesar das críticas… kkkkk… quem sabe depois eu falo mais disso… rsrs…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: