Cinquenta Tons De Cinza – E. L. James

2 ago

Bem demorou mas saiu! rs… Confesso que achei a trilogia mediana – em certos aspectos – e muito boa em outros – sexo/ Grey. rsrs… Vamos lá!

A Trilogia está sendo publicada pela Editora Intrínseca e tem tido uma publicidade imensa e diria que até exagerada.

Sinopse:

Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja – mas em seu próprios termos…

Cinquenta Tons De Cinza a Ana é um garota que está acabando de sair da faculdade, é virgem ainda e muito insegura. Chris é um muito bem sucedido, um jovem homem de negócios e dono de uma grande empresa, e é muito rico – além de lindo, dominante e saber fazer qualquer mulher chegar ao orgasmo – MEU SONHO! hihihih… No começo o Christian é todo Dominante e contratual “eu quero somente uma submissa”, mas ele tem um desenvolvimento muito bom na história, porque ele vai superando os medos e traumas – ele somente começa essa superação nesse livro, porque tem muita coisa que ele vai melhoras nos próximos. Nesse volume, tudo está no começo, se desenvolvendo, é a primeira vez que a Ana se apaixona assim como o Christian, aliás são muitas “primeiras” que o casal descobre junto, porque apesar de ser um pouco mais velho, Grey pulou fases da adolescencia dele. Tem cenas muito legais, muita coisa fetichista, elevador, quarto vermelho da dor… enfim! Mas já falo, o livro termina de uma forma tensa que dá vontade de saber o que vai acontecer no outro. #ficaadica – Leiam com outro livro preparado pra se afundar aí, porque vai rolar curiosidade mórbida.

Eu comentei acima que a história é fraca, mas não é fraca por conta do assunto ou conteúdo mas sim da forma que ela foi escrita. Sério, a E. L. James poderia ter se aprofundado muito mais numa narrativa mais envolvente, com mais história e um pouco menos sexo, poque só sexo em três livros, fica enjoativo! Por exemplo ela poderia ter aproveitado muito mais a parte dos traumas do Grey, em como ele cresceu e se tornou o que é, a própria Ana, uma hora ela é tímida e se veste mal, na outra ela já está se vestindo melhor com as roupas que ela ganhou, e se comportando de uma forma menos recatada – isso é devido ao Chris, claro, mas é abrupta essa mudança, na hora que você viu, Poof! Aconteceu! rsrs…  A Ana no livro #01 no final dá um show de você precisa tratar isso Grey – querendo dizer que o que ele faz é uma doença, aí no livro #02 do naaaaada ela pensa “Não é porque é kinky que é doença, porque tem dois adultos consentindo” e blá blá blá… Tipo, o Grey tinha algo que precisava ser tratado mesmo e nem todo o “lance Kinky” faz parte do trauma dele, mas ela não pensava assim no livro #01 a forma como foi escrito simplesmente pareceu que ele era louco. Entendem? Mal escrito… rsrs… uma pena.

O que torna o livro tão atraente e tão bom de ler? Christian Grey! Só isso? Claro que não! Sexo! Muito Sexo! Kinky Sex e muita dominação. Mas aí já entra algo que me desagrada na série, o livro tem uma temática BDSM (Bondage, Dom/sub, Sado/maso) e pra quem não sabe, isso não é tratado como uma doença… rsrs… Não vim aqui pra dar aula disso, vão no google e pesquisem garotash! rs… O que me incomoda é que a James não explica isso direito, fica vago, pra um leigo que lê a série vai pensar que é coisa de louco pervertido! Tipo, MEU DEUS ele gosta de bater em suas mulheres! rsrs… ouvi comentários do tipo: “O Christian é uma delícia, tirando a parte do bater…” Ninguém aqui realmente nunca levou um tapinha durante o sexo? e tipo… Gostou? Isso não chega nem perto do que ele faz – óbvio – mas se você gosta de algo suave não quer dizer que não exista alguém que goste do mais duro… E Chega desse assunto…

É difícil não comentar sobre a questão do livro ter sido uma fanfic, porque existem sim elementos parecidos com o “Crepúsculo”, talvez se eu não soubesse não teria percebido as semelhanças, mas como tal, existiam características bem óbvias pra mim, pelo menos no livro #01 Cinquenta Tons De Cinza, nos outros volumes essa característica se perde no meio da história. Ana/ Bela é insegura e desastrada, Grey/ Ed. é louco de preocupação e fica cuidando dela o tempo todo… Bem, existem outras semelhanças mas nem vou ficar contando pra não ter “grilo” quando vocês forem ler! =)

Eu não li a publicação da Intrínseca, eu li em inglês então infelizmente não posso dizer como está a tradução, vou comprar e assim que souber conto! Sim, eu vou comprar! Eu achei a narrativa fraca? Sim! Mas tenho que confessar… A série é legal mesmo assim… Por causa do Grey, claro!

Eu recomendo? Sim, eu gostei muito, só que eu tenho um senso crítico, não é porque é bom que é perfeito e maravilhoso!

Eu havia dito, que escreveria sobre a trilogia nessa resenha, mas apesar de ter falado um pouco da série, eu decidi escrever separadamente sobre cada livro, primeiro porque isso aqui ficaria gigante e ninguém aguentaria ler tudo, segundo porque eu posso! – só quem leu vai entender! enfim… rs…

O Segundo volume tem previsão de lançamento para dia 15/09/2012, mas quem sabe sai uns dias antes assim como Cinquenta Tons De Cinza.

E aí meninas, gostaram? já leram? Beijos e até a próxima obsessão!

Anúncios

19 Respostas to “Cinquenta Tons De Cinza – E. L. James”

  1. Dayana Lopes agosto 2, 2012 às 6:38 pm #

    Bem, bem Yasmin, você já sabe minha opinião inicial sobre o livro e como toda essa histeria e exagero acabou por me fazer entediada e cansada da série #cinquentatonsdetédio

    Mas concordo com você em um aspecto colocar o Grey como doente foi puramente ignorância da parte da James.

    Posso até me animar a ler o resto da série,rsrsr, quando o submarino colocar todos os livro a menos de 10,00 !kkkkkk então vai demorar um pouco.

    • Yasmin Dorneles agosto 2, 2012 às 6:41 pm #

      kkkkkkkkkkkkkkk… tu é má Day! rs… mas acho que tb vou esperar um combo de promo no submarino! hahaha… 😉 (6)

    • Valeria agosto 21, 2012 às 9:31 am #

      Para quem gostou (ou até mesmo para quem não curtiu) do “50” existe um livro nacional que atrevo dizer ser bem mais legal: “REDES SENSUAIS”. http://WWW.FACEBOOK.COM/REDESSENSUAIS. – Voces acharão “Redes” muito mais excitante (e plausível) que o “50”. A história reflete isso que acontece todos os dias, isto é, pessoas se encontrando no real e no virtual através da internet. Apesar da falta de marketing, o livro compensa pelo jeitinho mais “nosso” sem entretanto cair no lugar-comum ou abaixar o nível apesar do alto conteúdo erótico. Gostei e recomendo efusivamente!

  2. Angelita agosto 2, 2012 às 9:04 pm #

    Li toda a resenha… minha nossa… para tentar entender pq a James coloca que o comportamento de Grey como algo inadequado só lendo mesmo… e honestamente nao senti interesse, já que é classificada uma leitura fraca e muito voltada ao sexo… imagina que se até tu Yasmin, classificou que ficou meio chata a leitura por se tratar muito do ato intimo em si, imagina eu que adoro muito mais a historia… mas vamos ver mais pra frente.

    Obrigada pela resenha e fico no aguardo das outras.

    beijooo

    • Yasmin Dorneles agosto 2, 2012 às 9:28 pm #

      kkkkkkkkkkkkkkk… sim! o livro tem mt sexo e pouca história… o 1 é o que tem menos sexo pra falar a verdade… o 3 é o campeão de porn… assim… o Grey é ótimo… eu adorei o personagem… mas digamos… ele faz meu tipo! [imaginário] hahaha… mas não desiste… compra o 1 ou lê em ebook… se gostar continua… senão… deixa na estante! rs… bjs…

  3. Luciana Lima agosto 2, 2012 às 11:15 pm #

    Yasmim, gostei muito do seu texto.
    Já li o primeiro e o segundo volume da série, mas o terceiro ficou difícil de começar a ler. Mas não desisto.
    Tbm achei uma escrita fraca, mas já comprei o primeiro livro publicado por aqui.

    • Yasmin Dorneles agosto 3, 2012 às 2:06 pm #

      Sim a escrita é realmente fraca… mas eu tb quero comprar… rs… vale a pena ter o Grey em casa! rs… bjs…

  4. Juliana agosto 3, 2012 às 1:11 am #

    A publicidade é maciça nele, todo site q entro ele tá lá. Ainda não comprei, e a temática BDSM até me agrada, mas eu gosto de ler livros escritos por escritores/as “profissionais”, tipo q estudam e fazem disso a sua profissão. Nada contra escritoras de fanfics, dizem q algumas são mto boas, mesmo assim fico meio receosa de comprar. Acho q vou esperar uma promo mto boa para adquirir o meu. Ótimo post, Yas!

    • Yasmin Dorneles agosto 3, 2012 às 2:08 pm #

      Sim eu tb prefiro Juliana… rs… foi o que senti nesse livro… que a escrita é bem amadora… que se não fosse pelo Grey dominante e lindo, o livro seria beeeem chato! rs… eu quero comprar, mas acho que tb vou esperar uma promo! bjs…

      • Juliana agosto 7, 2012 às 1:25 pm #

        Eu tô vasculhando nos sites uma promo boa: preço baixo + frete grátis. Qual a ordem dos livros? Dá para ler cada um separado, tipo, sem precisar comprar o outro?

      • Yasmin Dorneles agosto 7, 2012 às 1:30 pm #

        dá sim… a trilogia td só vai sair em novembro que é qdo “Cinquenta Tons De Liberdade” vai ser lançado… compra o primeiro volume… lê ve se gosta aí compra os outros…

  5. Suh agosto 3, 2012 às 5:36 pm #

    GEEEEEEEEEEEEEEENTE *-*
    Gostei mt mt do 1º liiivro …
    Que final MALDITO foi esse !?
    #VONTADEDEMATARANA

    • Yasmin Dorneles agosto 3, 2012 às 6:51 pm #

      kkkkkkkkkkkkkkk… falei… pra quem curtiu o livro, o final realmente é de matar! rs… mas tudo dá certo… só q vc morre de curiosidade até lá! rsrs…

      • Amanda Missel fevereiro 26, 2013 às 3:06 pm #

        Ah eu curti o final, entendi os motivos dela. Afinal é meio pesado tanta “informação” para quem não tem experiência. A parte chata foi ela querer devolver os presentes. Até parece que se eu ganhar um Audi eu vou devolver!!! kkkkkkk…. Mas como a gente sabe que romance dá tudo certo no final, nem me preocupo!!! Vou começar a ler agora o 50 tons mais escuros.

  6. Silvia Gimenes agosto 10, 2012 às 5:38 pm #

    Oi , gostei do livro é viciante-(Grey),concordo com você sobre a narrativa, parabéns pelo blog, espero ver mais dicas de livros ! bju

    • Yasmin Dorneles agosto 10, 2012 às 7:42 pm #

      Obrigada! Seja bem vinda! e sim… o Grey é viciante… rs… 😉 bjs…

  7. Paloma Nunes agosto 14, 2012 às 8:32 pm #

    Confesso que quando eu terminei de ler o livro eu me senti muito suja, porque eu não achei nada demais .-. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Tudo bem que rola unas coisas mais tensas mas, no mais a dominação foi muito mais fora da cama que dentro. Fiquei decepcionada por que teve muita propaganda em cima e eu esperava algo que me chocasse, o que não aconteceu. Acho que IAN me chocou tudo o que tinha pra chocar e não sobrou quase nada para os próximos KKKKKKKK. Eu gostei do livro, porque eu ri mais do que eu esperava com a Ana -qq
    Amei a sua resenha! Você já ta nos meus favoritos. *-*

    • Yasmin Dorneles agosto 14, 2012 às 10:36 pm #

      kkkkkkkkkkkkkkk… sim… realmente a parte S/m foi mt suave… e nada demais… aliás uma das minhas críticas está bem aí pq parece que a autora nem pesquisou nada para escrever sobre o assunto… rs… e obrigada! bjs…

Trackbacks/Pingbacks

  1. “Beautiful Bastard” – Mais uma fanfic de Crepúsculo vai ser publicada « Obsessão Compulsiva - novembro 10, 2012

    […] “Cinquenta Tons de Cinza” – Resenha Yasmin […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: