Amante Vingado (IAN #07) – J. R. Ward

27 set

Finalente chegamos ao livro do Rehvenge! Ele não é de fato um Irmão, embora pudesse ser, já que é filho de uma escolhida, mas é um dos meus personagens preferidos! Eu AMO o livro dele! VEM!

Editora: Universo Dos Livros

Sinopse: Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. Enquanto eles defendem a raça dos redutores, a lealdade de um vampiro especial será posta a prova – e sua perigosa natureza será revelada… Rehvenge sempre manteve distância da Irmandade, pois guarda um letal segredo que poderia fazer dele uma arma na guerra contra os redutores. E enquanto as conspirações dentro e fora da Irmandade ameaçam revelar a verdade sobre o ele, Rehv se aproximará da única luz que clareia seu mundo de escuridão e jogos de poder, Ehlena, uma vampira que nunca conheceu a corrupção e traição… é a única que pode salvá-lo da destruição eterna.

Nesse livro conhecemos a história do Rehv, o seu sofrimento por ser em parte sympatho pois pensava que não merecia ser feliz, que como um devorador de pecados não poderia ter uma família, ser amado, ter uma companheira, uma Shellan de verdade. Mas isso muda quando a relação dele com a Ehlena se torna mais estreita.

Ehlena é uma enfermeira na clínica do Havers onde o Rehv consegue sua dopamina para suprimir seu lado sympatho, ela veio de uma família da glymera, entretanto está pobre devido a um golpe que seu pai sofreu. Ela vive somente com o pai que é doente, e trabalha para poder sustentá-lo. Ela, assim como o nosso sympatho favorito, é sozinha e com isso eles se identificam imediatamente, apesar de Rehvenge ser assustador para a maioria das fêmeas.

“Está era a enfermeira que Rehv esperava que o tocasse cada vez que ia até lá. Era a que fazia suas visitas fosse parcialmente suportáveis. Esta era sua Ehlena.

Certo, não era nem um pouco sua. Sabia seu nome só porque estava escrito na placa azul e branca de seu uniforme. Conseguia vê-la apenas quando vinha ser tratado. E ela não gostava nem um pouco dele.

Mas, ainda assim, pensava nela como dele, e assim caminhavam as coisas. Acontece que tinham algo em comum, algo que transcendia os limites entre espécies, eclipsava a estratificação social e os unia, embora ela teria negado.

Ela também estava sozinha, como ele.” (pág. 67)

Vocês tem que perceber o seguinte, ele se sente sujo, um “Senhor do Crime” chantageado e que de cafetão passa a ser uma “puta”, como ele mesmo diz. Não sente que seja merecedor de ter uma Shellan ou de ser feliz.

Depois de alguns acontecimentos, Ehlena e Rehvenge acabam iniciando uma “amizade”, encontros e muitos telefonemas… cof, cof, cof… Rehv, liga pra mim?! Claro, inicialmente existia um certo receio por parte dela, e o Rehvenge estava ansioso por ter alguém, no fundo apesar de tudo o que ele sofria, apesar de ser o “Senhor Do Crime” da cidade, ele sempre sonhou em ter uma Shellan. É realmente muito quente quando eles acabam descobrindo um ao outro, e um pouco engraçado o embaraço do Rehv ao descobrir que seu lado vampiro a desejava, queria marcá-la e com isso não havia dopamina suficiente que o deixasse impotente! rsrs…

“Quer saber o que eu ganho com isso?

Cara, aquela voz era puro sexo.

– Sim – suspirou.

– Consigo vê-la como está agora.

– Como… estou?

– Percorreu um dedo pelo seu rosto.

– Está corada. – Seu toque passou para seus lábios. – Sua boca está aberta porque está pensando em mim, beijando-a outra vez. – Desceu com aquela tenra carícia até a garganta. – Seu coração está bombeando. Posso vê-lo nesta veia aqui. – Deteve-se entre os seios, abriu a boca e suas presas se alongaram. – Se continuo, acredito que descobriria que seus mamilos endureceram e sem dúvida há outros sinais de que está preparada pra mim. – Inclinou-se sobre seu ouvido e sussurrou. – Está preparada para mim, Ehlena?

Mas. Que. Droga.” (pág. 301)

Bem, podem perceber que o Rehv tem um grande talento com as palavras… Derreti só lendo isso, que não foi nem parte das preliminares! Dels é mais… VEM Rehv! rsrs…

Claro que existem problemas pelo caminho, Rehv é chantageado pela Princesa sympatho que é sua meia-irmã, ela chega a ameaçar a Ehlena e com isso o Rehv arma um “espetáculo” para que ela o deixe, depois ele finge que está morto e vai para a colônia sympath, onde foi torturado. A Ehlena e a Xhex junto com os Irmãos vão até a colônia resgatá-lo… Depois de algum drama, e emoção… Tio e meia-irmã são mortos e o próprio Rehv assume a posição de rei sympatho, o que acaba ajudando o Wrath pois tem um grande aliado.

Vamos aos acontecimentos secundários de Amante Vingado. O livro começa com o Rehv tendo uma reunião com um membro da glymera que está conspirando para matar o Wrath, claro que o ele cuidou desse Montrag – que acabou morto. Mas isso abriu os olhos do Rei e Irmãos com relação a glymera e suas conspirações.

Nesse volume temos uma grande participação do Rei Wrath, que inicia o livro lutando sem parceiro e sem avisar a Beth que fica, obviamente, muito magoada quando descobre, assim os monarcas acabam brigando. É nesse volume também, que o nosso Rei fica totalmente cego, e tem que aprender a superar esse fato, pois apesar de que ele quase não enxergava, era dependente dessa pequena visão.

Lash “o idiota” está comandando os redutores, e em busca de dinheiro, e para isso quer assumir o controle do tráfico de drogas em Caldwell. Ele é uma figura marcante nesse livro também, acaba sequestrando a Xehx no final – história do próximo volume, Amente Meu.

Tohrment ainda está muito mal, mas começa a se recuperar, aceita tomar sangue de uma escolhida e comer. Claro, isso é o início da recuperação dele, que tem altos e baixos. Lassiter continua aparecendo… Já falei que AMO o Lass? rsrs… eu morro de rir dele com o Rhage ou o Vishous querendo matá-lo! Ilário! rsrs…

Bem, já falei demais… Amante Vingado está no meu Top 5 de favoritos de Irmandade Da Adagra Negra… #TODASAMA o Rehv!

E aí meninash, já leram? Amam o Reverendo? Comentem! Beijos e até a próxima Obsessão!

Anúncios

7 Respostas to “Amante Vingado (IAN #07) – J. R. Ward”

  1. Suellen Pimentel setembro 27, 2012 às 11:29 am #

    Awwwwn 0//

    Estou lendo Amante Revelado *——*
    Meu preferido até agoora é Amante Desperto .. Mas amo o Thor s2

    • Yasmin Dorneles setembro 27, 2012 às 2:57 pm #

      Aaah… o livro do Z. é um dos queridinho realmente… Adoro… o livro do Tohr eu perguntei na página da UDL e vai sair final de Novembro/ começo de Dezembro parece… #TODASAGUARDA Tb amei o livro dele! rs…

  2. Mônica setembro 27, 2012 às 12:13 pm #

    Como eu ja disse esse é um dos meus livros favoritos da serie IAN, adorei a resenha #Suspiros&Suspiros

    • Yasmin Dorneles setembro 27, 2012 às 2:56 pm #

      kkkkkk… um dos meus favoritos tb Mônica! AMO o Rehv… *-* bjs…

  3. Suellen setembro 28, 2012 às 1:22 pm #

    *——-*
    AAAOOOWN quero ler looogo, mas to amaando *o*

  4. Angelita setembro 29, 2012 às 10:07 pm #

    Até que enfim a resenha de um livro que eu tenha lido nesses ultimos tempos, pois infelizmente, não tenho muito animo em comentar aqui por nao ter uma opinião formada, o bom é ficar sabendo das novidades hehehehehe

    Mas vamos lá…. Eu adoro os livros IAN, mas tenho meus preferidos… tipow o rei, Rhage e Z são os mais mais… ainda não li o Thorn mais quero muito, acredito que ele vá ser um dos mais mais tbm heheheheheh

    Rev eu gostei, mas achei todo o dramalhão cansativo, não foi um dos melhores pra mim, poxa com homens tão poderosos e autonomos, achei os livros do Vishous, Phury, Rev e John os mais fracos perto do enredo e trama dos primeiros livros, não sei por ter criado expectativas em relação aos irmãos ou se de repente por considerar esses primeiros com . caracteristicas que fazem mais meu estilo hehehehhehe

    Mas tirando todo o teatrinho de nao ficar com a guria e depois se fazer de morto, ainda gostei do Rev, não está na minha lista dos mais mais… mais realmente ele sabe seduzir né Yasmin hehehehehhe

    Bem… já tem um tempo que li… não por isso não tenho neste momento nada muito Óh pra compartilhar, apenas que li e foi um bom livro.

    beijoo

    • Yasmin Dorneles setembro 29, 2012 às 11:28 pm #

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… Cara, o livro do Vishous a Ward não foi mt feliz… o final da Jane achei péssimo… Agora sobre o Rehv, acho que por ele ser meio “bandido” me conquistou totalmente… aiii… pra mim é um dos melhores livros… os meus preferidos são: Wrath, Z. e Rehv… e o do Tohr logo em seguido… a UDL disse que vai lançar ainda esse ano Amante Renascido… bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: