Deusa Do Amor (Goddess #04) – P. C. Cast

13 out

Editora: Novo Século

Sinopse: Mesmo a Deusa do Amor pode se apaixonar…
Minha deusa, Pea Chamberlain precisa desesperadamente de uma transformação completa! Os sapatos, os cabelos, as roupas, a maquiagem: tudo é um desastre, e desse jeito ela não tem a mínima chance de atrair a atenção de Griffin DeAngelo, um bombeiro über-sexy, no baile de máscaras da corporação. E quem pode arrancá-la da lama de sua vida, quem senão a própria Deusa do Amor? Pea resolve invocá-la, tendo em mãos um poderoso livro de encantamentos. E, é claro, a deusa Vênus resolve fazer com Pea o que vem fazendo com muitos e muitos outros ao longo das eras: ajudá-la a encontrar o amor. Os problemas começam quando a Deusa do Amor também acaba, ela mesma, se apaixonando… pelo mesmo bombeiro! Será que Vênus também não precisa de uma transformação pelo amor?

A Novo século lançou mais um livro da série Goddess da P. C. Cast, Deusa Do Amor, que aqui no Brasil é o quarto volume, mas cá entre nós… Onde diabos está “Deusa Da Luz” ou “Goddess Of Light” que em inglês foi publicado antes?!

Deusa Do Amor é o segundo melhor livro da série para mim, ficando atrás somente de Deusa Da Primava – Hades delícia!

Nesse volume a P. C. Cast nos surpreende minsturando mais uma vez a mitologia grega com a realidade do livro. Pea é uma personagem que me irrita um pouco no começo – cof, cof, cof… Que Novidade, não?! – ela é muito descuidada, sem nenhuma alto estima e supre uma paixão platônica pelo lindo bombeiro Griffin. Cansada de ser invisível para todos os homens, ela compra um livro falando da Deusa Vênus – para quem não sabe é a Afrodite para os romanos – e assim acaba convocando a linda deusa para ajudá-la!

Vênus estava entediada no Olimpo, em um casamento de fachada com Vulcano o Deus do fogo e resolveu passar uma temporada em Tulsa com Perséfone e acaba presa na cidade até que consiga dar a Pea felicidade e êxtase… o que ela não imaginava era se apaixonar pelo bombeiro lindo cuja sua pulila é obsecada! Vênus ensina Pea a se libertar e experimentar o prazer, também a ensiana se vestir e como lidar com os homens, além de ajudá-la a “domar” seus cabelos encaracolados – Ela não sabia nem cuidar dos seus cachos! Era muita falta de noção para uma personagem só!

Vulcano é um Deus discriminado por não ter o ideal de perfeição do Olimpo, ele é isolado e nunca se apaixounou de verdade e vive um casamento de conveniência com Vênus… Mas depois de ver a mortal Pea, ele começa a sentir coisas totalmente novas e finalmente descobre o que é amor… E deixem eu dizer algo… Que Deus é esse! Estou reivindicando, ok?! 1,90, moreno, delicioso, compreensivo, bom de cama – que personagem fictício não é?!… enfim… rsrs…

O livro é muito bom, eu ri em vários momentos além de ter ficado com vergonha alheia por alguns “foras” que a Pea comete! Vênus é ilária, a forma natural de que ela fala sobre sexo e masturbação é muito bom! Desde o início eu torci para que a Pea ficasse com o Vulcano, já que era óbvio que o Griffin não tinha nenhum interesse nela mesmo depois da transformação que passou , mas eu sofri um pouco até que a Pea parou de me irritar com essa obsessão pelo bombeiro! Dels… Leitoras sofrem!

“Vênus pendeu a cabeça para o lado e estudou Perséfone.

– Parece muito tensa. Qual foi a última vez em que teve um orgasmo?” (pág. 48)

“- Tem certeza de que eu não deveria estar vestindo calcinha? – Pea passou as mãos pela frente da veste, nervosa, como se temendo que um vento pudesse soprar de repente e levantá-la acima de sua cabeça.

– Claro que tenho certeza. Nada deve aprisionar sua flor deliciada de mulher sob as vestes de uma deusa. Além disso, ficar sem roupas íntimas é uma experiência libertadora, você vai ver. E sossegue, criatura! (…)” (pág. 120)

“- Faça como quiser. Estou levando aquele cartão de crédito maravilhoso. – Vênus bufou. – Quem diz que se pode viver de amor está absolutamente equivocado. Eu jamais diria uma blasfêmia dessas!” (pág. 124)

Nunca vi uma deusa tão sábia! hahaha… Adorei!

A série, como eu já disse, é adulta sim, mas não possui nada erótico demais, possui algumas cenas sensuais e gostosas, mas isso não domina a narrativa. A P. C. Cast se superou em Goddess, as histórias são fantásticas e deliciosas! Eu estava realmente cansada de livros que só tem sexo e com personagens problemáticos, e ler algo suave assim… foi o paraíso!

Eu não me surpreendi muito no final pois como venho acompanhando a série desde o primeiro livro me acostumei ao estilo da Cast, e eu sou realmente boa em adivinhar… rsrs… A série Goddess não possui uma ordem de leitura, as histórias de cada volume são avulsas, portanto se alguém quiser ler só algumas, não vai fazer nenhuma diferença!

O livro é ótimo meninash, eu adorei. E devo parabenizar a editora também, pois as traduções dessa série são realmente muito boas – levando em conta que eu não li em inglês – sem falar das capas! L-I-N-D-A-S!

E aí meninash, já leram? Gostaram? Comentem! Beijos e até a próxima Obsessão!

Anúncios

12 Respostas to “Deusa Do Amor (Goddess #04) – P. C. Cast”

  1. Suellen Pimentel outubro 13, 2012 às 11:33 am #

    *—-*

    Mais uma saga pra minha lista infiniiita !!
    Adorei a resenha Yasmin!

  2. Carol outubro 14, 2012 às 5:31 pm #

    Adorei a resenha so vi dois pequenos probleminhas: Vênus é a deusa ROMANA do amor e Afrodite que é a Grega, o livro aparentemente fala de mitologia romana ja que Vulcano é o nome romano de Hefesto.
    E sobre o fato de pentear cabelos cacheados, todas as mulher que tem eles penteiam o cabelo porque se não o fizerem eles fica parecendo uma juba e eu digo isso porque eu tenho cabelo bem cacheado, o truque para a situação não ficar ruim é pentear ele molhado se não a pessoa fica realmente parecida com um leão! (ou com a mulher com Frizz do comercial da Garnier Fructis)

    • Yasmin Dorneles outubro 14, 2012 às 6:00 pm #

      Foi isso que eu quis dizer… pentear eles secos não rola… rsrs… e não, o livro mistura mitologia grega com romana… a P.C.Cast por exemplo usa o nome Artemis, Apolo, Hades, Zeus, Perséfone… mas em outros Deuses ela usa o nome Romano… e no texto eu disse isso… Vênus é o nome Romano de Afrodite, mas ambas são a mesma divindida… Mitologia romana é toda baseada na grega, as divindades são as mesmas mas com nomes diferentes… bjs!

  3. audrey outubro 16, 2012 às 9:05 pm #

    Quero lerrrrrr rsrsrs amei a resenha e ja que não tem ordem vou pegar esse primeiro .bjo

    • Yasmin Dorneles outubro 16, 2012 às 9:46 pm #

      Leia o Deusa Da Primavera (Hades) primeiro… é o melhor, depois vem esse… Deusa Do Amor… rsrs… bjs!

      • Diana Ferreira dezembro 18, 2012 às 4:59 pm #

        Comcordo com vc o Deusa da Primavera é muito lindo,
        os outro também são muito bons o Deusa do Mar … todas poderiamos ter um tritão como aquele na nossa vida, o Deusa Rosa é muito legal apesar de eu ter preferido que ela não voltado, para o mundo das rosas….

  4. Joely dezembro 31, 2012 às 8:22 am #

    Ah Dona Yasmin…assim a fila não anda! Agora eu vou parar tudo e SEREI OBRIGADA a ler essa série por sua causa e de dona Audrey….OREMOS…

    • Yasmin Dorneles dezembro 31, 2012 às 11:57 am #

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… É uma série que não indico toooodos os livros… mas “Deusa da Primavera”, “Deusa do Amor” e “Deusa da Luz” eu amei… rsrs… não são extremamente quentes… possuem cenas sensuais, e só… mas são mt gostosos de ler! bjão!

  5. Priscila Alves janeiro 3, 2013 às 1:09 pm #

    estou lendo Deusa do amor agora, estou no capítulo 20 e estou adorando!!!
    Vênus é muito engraçado e a Pea é muito desengonçada dou muita risada nesse livro na minha opnião o mais engraçado até agora, está ganhando até dos témíveis cavalos de Hades que perto de Lina não são tão temíveis assim.
    A P.C Cast está realmente de parabéns por essas histórias, amei todos os livros que li até agora (só falta deusa da luz). Deusa do Mar tem uma história muito intesa, Deusa da primavera também, porém a leitura é mais leve com mais cenas engraçadas, em Deusa das Rosas é uma história maravilhosa, muito intensa também e Deusa do amor é o mais engraçado,e estou adorando a Deusa Vênus no mundo dos mortais apaixonado pelo super bombeiro Griffin, estou louca para ver o final da história e que venham mais livros da série Goddess.

    • Yasmin Dorneles janeiro 3, 2013 às 1:29 pm #

      kkkkkkkkkk… Sim, apesar de o início dos livros dessa série serem um tanto chatinhos, as histórias são ótimas… eu adorei tb… bjs…

      • Wendy janeiro 15, 2013 às 7:45 pm #

        Eu AMO DE PAIXÃO essa série.já conhecia a Pc desde House of night(só li os 4 primeiros,depois virou novelinha mexicana,aí desisti).Eu amo a Pc a acho uma escritora muito talentosa e super engraçada.Tenho o Deusa do mar,da primavera e to terminando Deusa do amor,também me apaixonei pelo Vulcano,ele tem um jeito tão honesto…acho fofo,mas o meu preferido continua sendo o Hades.só de pensar affff!!

      • Yasmin Dorneles janeiro 15, 2013 às 8:20 pm #

        Hades é DELICIOSO! rsrs… Deusa Da Primavera é meu preferido… bjs…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: