Cinquenta Tons De Liberdade – E. L. James

12 dez

50TonsdeliberdadeEditora: Intrínseca

Sinopse: Quando a ingênua Anastasia Steele conheceu o jovem empresário Christian Grey, teve início um sensual caso de amor que mudou a vida dos dois irrevogavelmente. Chocada, intrigada e, por fim, repelida pelas estranhas exigências sexuais de Christian, Ana exige um comprometimento mais profundo. Determinado a não perdê-la, ele concorda. Agora, Ana e Christian têm tudo: amor, paixão, intimidade, riqueza e um mundo de possibilidades a sua frente. Mas Ana sabe que o relacionamento não será fácil, e a vida a dois reserva desafios que nenhum deles seria capaz de imaginar. Ana precisa se ajustar ao mundo de opulência de Grey sem sacrificar sua identidade. E ele precisa aprender a dominar seu impulso controlador e se livrar do que o atormentava no passado. Quando parece que a força dessa união vai vencer qualquer obstáculo, a malícia, o infortúnio e o destino conspiram para transformar os piores medos de Ana em realidade.

Eu sei que eu demorei para escrever essa resenha, mas é que eu enjoei tanto de Cinquenta Tons que se tivesse escrito antes, seria um texto muito mal humorado e reclamão! Eu ainda estou sem paciência com a trilogia que tomou uma proporção tão grande que ficou chato, eu acho ótimo uma série literária ter tanta divulgação, mas nossa, chega! rsrs… A série NÃO é tudo isso! Menos!  #Desabafo

O livro começa já na lua de mel dos pombinhos, nela Ana tem alguns “Flashbacks” do casamento e é assim que descobrimos como tudo aconteceu. Vou falar agora, não gostei, não teve nada de impressionante! rsrs… Enfim, Chris continua um maníaco obsessivo por controle e a Ana continua dando muitos foras! Existem algumas cenas engraçadas, quando por exemplo a Ana tira a parte de cima do biquini para atormentar o Grey, nisso estava deitada de bruços, mas ela acaba dormindo e virando dando assim uma vista panorâmica da sua comissão de frente para qualquer um ver! Hahaha…

“Que diabos você pensa que está fazendo? – grita Christian, acordando-me de meu sonho tão agradável.

Ele está molhado e lindo, de pé em frente à minha espreguiçadeira, olhando-me furioso.

O que foi que eu fiz? Ah, não… estou deitada de costas… Droga, droga, droga, e ele está muito zangado. Merda. Realmente zangado.” (pág. 28)

O início do livro, é a parte mais divertida, mas logo um problema surge no meio do paraíso, alguém tenta sabotar a empresa do Grey, colocando fogo em uma das salas na sede – claro que, como já sabemos, é o Jack Hyde que está armando tudo!

No decorrer desse volume, Grey supera cada dia mais seus traumas, entretando alguns detalhes do seu passado ainda são desvendados e com isso descobrimos o porque da fixação de Hyde com o Christian.

Depois da Lua de Mel, Grey e Ana entram em uma rotina de trabalho-emails-sexo-brigas que me entediou em vários momentos! Ana me irritou com certeza, ela ainda é muito idiota… Ela casou certo?! Aí no trabalho ela não quis mudar seu nome para Anastasia Grey por querer manter uma certa autonomia, já que o nome Grey é muito influente! Agora amigash… é ou não é o cúmulo do ridículo e da falta de noção?

Bem… dias se passam… rotinazinha se mantém… Perseguição de carro, sexo em estacionamento, saida com Kate enquanto Chris está viajando, brigas, ciúme, Jack invadindo o apartamento, viagens, noivado de Elliot e Kate, Leila indo falar com a Ana, Chris louco, acidente de Ray, carro novo… E MUITO Sexo… Até a Ana faltar a quatro consultas com a Dra. Greene, a ginecologista, e assim atrasar a injeção de anticoncepcional. Realmente inteligente, você tem uma vida sexual ativa e não quer filhos no momento, então o que você faz?! Esquece de tomar o anticoncepcional… Parabéns, Ana fica grávida!

Drama do livro, gravidez da Ana e Grey surtando! E nesse momento, eu sou obrigada a ficar do lado dela… Depois de soltar a bomba, Christian sai e acaba em um bar com a Mrs. Robson! Eu teria castrado meu marido! Ok, nem tanto… mas imaginem, vocês são casadas, e sim, a gravidez é acidental, mas o homem enlouquece e acaba indo beber com a monstra-vadia-Robson, uma ex-amante? Minha vingança seria maligna! rsrs…

“- Pois bem: você tinha razão. Tenho que escolher, eu escolho esse bebê indefeso em vez de você. É o que faria qualquer mãe ou pai decente. É o que sua mãe deveria ter feito com você. E eu lamento muito que ela não tenha feito isso, porque não estaríamos nesta discussão agora se ela tivesse agido de outra maneira. Só que você já é um adulto; então cresça, porra, olhe à sua volta e pare de agir como um adolescente petulante.” (pág. 412)

Nesse momento pensei… Isso Ana! Finalmente tomou uma atitude! clap, clap, clap… Mas a relação entre os dois não fica muito bem depois disso… e é quando Jack “ataca” novamente! Ele sequestra a Mia e liga para a Ana querendo dinheiro, e ela cai na armadilha e acaba sendo baleada. Bem, tudo se resolve muito rapidamente (falta de enredo!), Christian vai ao local onde a Ana estava com o Jack que acaba preso e assim tudo se ajeita.

Basicamente o livro termina aí… depois disso a Ana se recupera das lesões e eles conversam, resolvem suas diferenças e se amam! rsrs… Tem um epílogo onde mostra o casal morando na casa nova deles, com seu primogênito e ela grávida do segundo filho, o que foi totalmente previsível.

No geral, a série não é ruim, apesar da falta de enredo e pouco conteúdo. Quem nunca leu um livro assim que atire a primeira pedra! rsrs… Mas, todo mundo está cansado de saber que eu tenho várias críticas em relação a Trilogia Cinquenta Tons De Cinza, e eu acho a James péssima escritora, ok, ela tem alguns pontos positivos, como conseguir alcançar tanta gente com os livros, mas a série poderia ter sido muito melhor, a autora não fez nenhum tipo de pesquisa para escrever sobre sadomasoquismo, um tema tão polêmico precisa de um certo conhecimento para ser bem desenvolvido em uma história.

Enfim… Eu tenho os livros em casa, provavelmente ainda vou reler todos os três… Mas não no momento, estou com muita coisa inédita (para mim, pelo menos) ler! Eu falo mal e critico porque tenho senso minha gentem… eu li, e confesso que no começo gostei mais da série, mas fui enxergando os defeitos, que não são poucos. Mas, com todo o sucesso que Cinquenta Tons fez, a onda de editoras publicando eróticos para acompanhar a onda… ficou bem enjoativo! Não precisa ser parecido com #50Tons para o erótico ser bom, aliás eu recomedo que seja bem diferente! rsrs… Publiquem Maya Banks! Cherise Sinclair… Divas! rsrs…

E aí meninash, já leram? Comentem!

Beijos e até a próxima Obsessão!

Anúncios

35 Respostas to “Cinquenta Tons De Liberdade – E. L. James”

  1. Ana Mayara da Silva dezembro 12, 2012 às 10:06 am #

    Olá!!! Até agora, eu só li o primeiro. E concordo com os defeitos que o pessoal costuma apontar, mas… até que eu gosto da série! Pelo menos, desse primeiro volume, rsrs.

    Eu acho que, mesmo o livro não sendo lá essa maravilha, ele tem seu mérito: tirar os livros eróticos do “submundo” e colocá-los à vista de todos. Só acho chato essa moda de publicarem só os BDSM. Cadê os menage? Os menino com menino? Os menino com menino com menino?

    Falando da resenha. Fiquei com mais vontade de ler os outros. Bjnhs

    PS: mas á laro que a Ana é uma chata. Ela é a Bela! Hehehe

    • Yasmin Dorneles dezembro 12, 2012 às 12:11 pm #

      kkkkkkkkkkkk… concordo cm vc… eu leio eróticos a um tempão… e essa onde de publicações no Brasil estão mt na msm linha de 50 Tons… com certeza poderiam variar… Maya Banks escreveu menages ótimos! rsrs…

  2. silviagimenes dezembro 12, 2012 às 10:11 am #

    Acho o primeiro livro mais interessante todo uma coisa nova , os outros eu li mais p-saber o final da história !!!não foi a pior p-mim !!!

  3. Brenda dezembro 12, 2012 às 10:48 am #

    Honestamente eu gostei do 1 livro, a autora nao soube desenvolver a historia. O Christian deveria ter sido mais bad, e a Ana definitivamente deveria ser descartada. Gente do 1,2 ao 3 ela fica mais tapada,chata,idiota. Honestamente NENHUMA mulher deve se basear ou ser como ela,pq voce ta de brincadeira;um cara como o ‘Chritsian’, nem um e nem em 3 bilhoes de anos se interessaria por uma pirralha como a Ana, o mulher anta. Jesus,tenha paciencia. Homem gosta de mulher madura, e que tenha personalidade. E a Elena nao é esse bicho,monstro nao. Ela ajudo e muito o Christian,foi o escape dele. Por mim o Grey teria ficado com outra mulher.
    No geral eu amei a trilogia por causa do Grey,mas essa loucura dele por controle é brincadeira,né?! A E.L.James exagero e feio.

    O problema dos 50 tons,vai ser que todos os livros que vierem depois sera comparado com ele. E tem tantos livros bons na pratica BDSM como em outros estilos. Espero que param com essa compração.

    • Yasmin Dorneles dezembro 12, 2012 às 12:13 pm #

      Concordo… essas comparações são um saco… aí aproveitam a onda e “copiam” as capas… no msm estilo… é broxante… eu acho a Ana realmente é um pé no sacoooo… rsrs… Como eu disse na resenha do 2… a Elena ajudou sim o Grey mas ela n deixa de ser vadia por isso… ela me irrita mt tb… é mt entrometida… rsrs… bjs…

  4. Luana dezembro 12, 2012 às 1:23 pm #

    Eu li os três livros e vamos ser sinceros, eu que não era acostumada com romances eróticos o primeiro 50 tons foi bom.Mais os outros é uma lenga lenga chata a enjoativa e a Ana é muito fraca e boba e sem graça nenhuma ( tipico de Bella ) o que dá graça e fez o livro famoso ao meu ver foi o Cristian que é descrito como lindo e irresistível há é e não vamos nos esquecer rico.E sim a E.L James não é muito boa em escrita né ? Pra mim faltou personalidade na Ana e é tipico de romances eróticos eles casam filhos e final feliz ? Ai por favor não tivemos praticamente história depois do primeiro livro é só blá blá blá !!

    • Yasmin Dorneles dezembro 12, 2012 às 1:36 pm #

      Realmente… rsrs… o melhor msm é o primeiro… depois ficou mt “clichê” a história… e o que realmente chama nossa atenção para a trilogia é o Grey delícia! rsrs…

  5. Ruth dezembro 12, 2012 às 4:30 pm #

    Verdade ? Morro de inveja da Ana ….

    • Yasmin Dorneles dezembro 12, 2012 às 5:22 pm #

      kkkkkkkkkkk… quem não morre?! Qual a mulher n sonharia em ter um Grey lindo, milionário, dominante e gostoso em casa… ^^ rsrs… Mas a Ana msm é uma personagem bem fraca… em alguns momentos que ela tem alguns “surtos” de “eu faço e eu posso”… tirando isso, ela geralmente dá piti por coisas que não mereciam uma briga… como o sobrenome na empresa… ou coisas pequenas… enfim…

  6. Brubs dezembro 12, 2012 às 9:42 pm #

    é tão cópia de crepúsculo (e eu nem gosto de crepúsculo!) que não me admiraria se alguém quisesse matar a criança porque ela é um risco pra humanidade ou algo assim! AHAHAHAHA

  7. Juju dezembro 16, 2012 às 10:30 pm #

    Eu te invejo pela perseverança, não consigo passar do meio do primeiro livro ¬¬
    É triste saber que essa série só fez tanto sucesso porque o povo não conhece melhores, uma mulher extremamente mal resolvida consigo mesma essa Ana, acho que até a Zoe de House of Night é mais desenvolvida psicologicamente (e olha que é um páreo duro).
    Enfim, é a minha opinião, Greyzetes não me ameacem!

    • Yasmin Dorneles dezembro 17, 2012 às 9:04 am #

      kkkkkkkkkkkkkkkk… nossa a Zoe de HofN é foda tb heim… desisti dela, parei em Queimada… vou tentar terminar um dia, mas comecei a achar cansativa a série… rsrs… Cinquenta Tons é bom para destrair e tals, como eu disse, mas não é um grande livro, nem nunca vai ser! rsrs… bjs…

  8. Daniele Mendes dezembro 22, 2012 às 1:31 am #

    Concordo plenamente com você! A autora não soube desenvolver o assunto. Ficou chato, repetitivo e monótono. Cinquenta tons mais escuros, pra mim foi o pior! É uma enrolação super chata entre ela e Christian.. Ela deixou muito a desejar na questão do romance e do sadomasoquismo. Poderia ter sido bem melhor!

  9. Marlene dezembro 24, 2012 às 12:08 pm #

    CARALHOOO ME FALARAM QUE A ANA TRAIA O CRISTIAN NO CINQUENTA TONS DE LIBERDADE FIQUEI PERPLEXA QUERENDO SABER E FICA NESSE LENGA LENGA DE CREPUSCULO –‘ ESTOU DECEPCIONADA

    • Yasmin Dorneles dezembro 24, 2012 às 4:06 pm #

      kkkkkkkkkkkkkkkk… bem capaz dela trair o Chris… rsrs… conversa pra boi dormir! rsrs…

  10. maria janeiro 3, 2013 às 7:59 am #

    oi,acabei de ler a série e peço desculpas mais eu amei os livros adorei o jeito que a autora escreveu acho que foi por eu não ter me ligado muito na coisa de dom/sub mais sim na personalidade do Chris e em como uma pessoa simples como a Ana pode tirar um cara como o Chris do escuro e ao mesmo tempo aprender com ele e amadurecer .Realmente eu achei que o livro seria mais pesado nesse lance de dom/sub mas quando comecei a ler vi que isso era mais uma fuga do Chris do que um estilo de vida.Bem amei os livros e adorei “a deusa interior” e acho que até criei uma para mim… ^ ^rsrsrsrsrs.bjs

    • Yasmin Dorneles janeiro 3, 2013 às 1:25 pm #

      kkkkkkkk… não precisa pedir desculpas, cada um tem sua opinião… sim a parte S/m é bem leve, não tem nd demais… virou foi marketing para a série… bjs!

      • lia janeiro 10, 2013 às 10:36 am #

        Fiquei com gostinho de quero mais na porte de cristim no 3livro acho que e bem mais interessante o sua visão!!!!VCS nao concordam???????

      • Yasmin Dorneles janeiro 10, 2013 às 1:27 pm #

        Eu adoro as visões masculinas dos livros, aliás, amo quando a história é narrada pelo personagem masculino… é bem diferente! rsrs…

      • Daia janeiro 15, 2013 às 7:45 am #

        Olá pessoal, olha eu amei os livros tb, estou terminando o terceiro, nunca tinha lido um livro desse tipo, bom eu percebi algumas falhas tb, mais mesmo assim gostei da historia! queria saber se alguém teria algum livro desse estilo para me indicar?? Ficaria muito grata! Obrigada

      • Yasmin Dorneles janeiro 15, 2013 às 2:03 pm #

        Existem alguns ebooks… a série chama Mestres do Shadowlands da Cherise Sinclair… vc encontra para baixar no blog Prazer em Seduzir… é só dar google!

  11. Carol janeiro 19, 2013 às 12:48 am #

    Bom povo, gostaria de deixar aqui a minha opinião também (apesar de ela ser um pouco confusa) concordo em Gênero, número e grau, se a autora soubesse explorar o livro ia ser Megaaaaa maravilhoso, a impressão que eu tive é que o primeiro foi novidade até pelo sexo e tal os 2 outros também foram ótimos mas eu ficava com a maior expectativa sobre as cenas de ação que passavam voando, e por último eu tbm sou do time que concorda que a Ana é uma CHATA!! (igual a Bela) e por mais que eu não concorde com a maioria das atitudes do Cristian eu sou APAIXONADA por ele ( Eu odiava o Edward, achava ele muito chatoooo, só gostava do Jacob kkk)!!! kkkkk por isso digo que minha opinião é confusa, pq mesmo com todas essas falhas e as vezes a parte monótona, eu li os 3 livros em 5 dias e já reli os 2 primeiros pode?????????????? kkkkkk

    • Yasmin Dorneles janeiro 19, 2013 às 1:26 am #

      kkkkkkkkkkkkkkkk… eróticos viciam! Cuidado! rsrs… Enfim, é impossível não gostar do Grey, ele é um puta homem gostoso… apesar das “sequelas”… rsrs… isso que atrai tanto o livros para o público femino… mas como eu disse, eu já li diversos eróticos, inclusive com o tema SM muito melhor trabalhado, mas onde o livro não tem só sexo… e no segundo e terceiro volume de #50Tons eu cheguei a ficar entediada… só tinha sexo e nada de história, só uma ladainha… enfim… rsrs… Mas sim, é algo gostoso de ler, para descontrair… quando está no clima… rsrs… bjs…

      • Daniana dos Santos Chaveiro janeiro 23, 2013 às 8:55 am #

        Querida Yasmin, estou me tornando hoje uma grande fã sua. Adorei suas resenhas sobre tudo o que já li no seu blog. Como consigo uma carteirinha de sócia OC?? rs
        Bem, falando de 50 tons, tudo já foi dito. Ana é boba ao extremo, Grey é lindo ao extremo, e a trilogia é um saco… ao extremo. Mas, dizem que a Syvia Day plagiou o 50… e o que me dizem do filme 9 1/2 semanas de amor? ATÉ O SOBRENOME DO CARA É GRAY (te lembram algo…?). O filme conta a história de uma mulher (que graças a Deus não é idiota Ana Bella), que se envolve com um milionário sedutor, misterioso, que a leva a um mundo selvagem, e no final, sem conseguir mais conviver com isso, ela o deixa. (Gente, estou falando do filme, qualquer semelhança com o 50 tons é mero plágio…).
        Enfim, caso seja lançado um filme, espero que tenham a decência de ao menos escalarem o Ian Somerhalder para C.Grey. Para Ana, acredito que uma boa atriz poderá melhorar a imagem de ridícula que ela tem. Esperar para ver.
        Bjos, não se esqueça da minha carteirinha… rs

      • Yasmin Dorneles janeiro 23, 2013 às 12:54 pm #

        Sylvia Day é a autora de Crossfire, a E. L. James que é a autora de 50 Tons… rsrs… mas enfim… nunca vi esse filme, e de fato, qlr semelhança n pode ser mera conhecidência! rsrs… bjs…

  12. Daniana dos Santos Chaveiro janeiro 24, 2013 às 8:13 am #

    sim, eu sei que a sylvia day é autora do crossfire , e digo que ‘dizem que a sylvia day plagiou o 50… MAS o que dizer do livro 50 conter a mesma história do 9 1/2 semanas’…

    • Yasmin Dorneles janeiro 24, 2013 às 12:04 pm #

      Aaaaaaaah… Nossa eu discordo disso heim… A Sylvia começou com eróticos antes da James e pqp… 50 Tons é uma fic!!! rsrs… Povo louuuco!

  13. Luiza Amorim fevereiro 12, 2013 às 5:12 pm #

    Sinceramente, li toda trilogia e como muitas também enjoei. É muita inocência pra uma jovem só. Tem horas em que você para e pensa: Eles só fodem! Mas como a curiosidade é grande fui até o fim e achei fraco, a James poderia ter se empenhado mais. Para mim o 1° é o melhor, sem+ !

  14. Melissa março 1, 2013 às 4:10 pm #

    Já li esta “saga crepúsculo para adultos” e até agora não entendi porque fez tanto sucesso. E realmente os recentes livros eróticos são uma tentativa de imitação dos 50 tons. Li recentemente “algemas de seda” (não recomendo), que mostra bem isso. Deprimente. Que falta de criatividade.

  15. Carla março 12, 2013 às 10:16 pm #

    Olha li a triologia completa e não acredito que esteja tão mau escrita como dizem. Li que a triologia Crossfire era mais bem escrita, inclusive na aba dos livros está escrito isso, contudo, sem desmerecer os livros de Sylvia Day, Cinquenta Tons dá de 10 a zero, a trama é bem mais envolvente!!! Adorei Cinquenta Tons e por mim poderiam vir os Cem Tons que eu iria adorar, pois fiquei muito triste de a história acabar em apenas 3 livros de apenas umas 500 páginas, para mim o Chris e a Ana já faziam parte da minha vida! hehehehe

    • Yasmin Dorneles março 12, 2013 às 10:21 pm #

      kkkkkkk… Bem isso é questão de gosto né?! Achei o enredo bem pobre… rsrs… Mas gosto é gosto! bjs…

  16. Fernanda Alves abril 10, 2013 às 4:41 pm #

    bem amei o 1 livro, do 2º ficou entediante só se falava em eu te amo, eu nunca vou te abandonar, eu vou te proteger sempre aff!!!! o ultimo acho que ficou bem pobre E.L.James poderia ter investido mais no roteiro algumas coisas ficaram meio sem sentido.
    Pra falar verdade o que mais me chamou atenção no livro foi o Grey tudo que uma mulher sonha tirando sua obsessão por controle,né, a Ana é uma chata eu tinha vontade de esganar ela. Foi a primeira vez que li livros desse gênero, gostaria de ler os livros da Sylvia Day, se alguém tiver e quiser mandar pro meu email (fernandaawfe@gmail.com) eu vou amar queria muito ler o Crossfire acho que vai ser bem melhor do que os 50 tons…
    Yasmin adorei seu blog muito bom, gostaria de indicações de livros pra ler amo leitura.
    Bjs… e parabéns pelo blog.

    • Yasmin Dorneles abril 11, 2013 às 5:49 pm #

      Crossfire os 2 primeiros volumes tem no forum mveno que agora chama Asgard… Tem que ter cadastro… E tirando isso é só dar google que acaba caindo em site de down!

    • Yasmin Dorneles abril 11, 2013 às 5:51 pm #

      Você quer indicações de eróticos? Livros da Maya Banks e Cherise Sinclair eu sempre indico, vc encontra no blog prazeremseduzir…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: