Archive | J. A. Redmerski RSS feed for this section

Entre o Agora e o Nunca (Livro #01) – J. A. Redmerski

14 maio

Entre o Agora e o NuncaEditora: Suma De Letras

Classificação: 4.5 Estrelas

Sinopse: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para a rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino. Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho. Mas o que ela não esperava era conhecer Andrew Parrish, um jovem sedutor e misterioso, a caminho para visitar o pai, que está morrendo de câncer. Andrew se aproxima da companheira de viagem, primeiro para protegê-la, mas logo uma conexão irresistível se forma entre os dois. Camryn tenta lutar contra o sentimento, já que jurou nunca mais se apaixonar desde a morte de Ian. Andrew também tenta resistir, motivado pelos próprios segredos.

Esse novo gênero New Adult me conquistou completamente, não é sem graça como os Young Adult e nem tão pornográficos como os eróticos, geralmente as histórias são equilibradas perfeitamente com um enredo envolvente e um toque de sensualidade, e isso é bem visível em “Entre o Agora e o Nunca”.

Eu adorei o livro, mas devo confessar que o início é um pouco parado, mas não desanimem, a monotonia passa bem rápido, e quando percebemos estamos devorando o livro e loucos para saber o que irá acontecer!

Eu não tive uma boa primeira impressão da Camryn, sabe aquela história, o namorado morreu, ela ficou deprimida e bla bla bla… O outro namorado a traiu, a amiga foi uma vadia… O irmão está preso… Enfim! Nossa, isso me deixou bem incomodada no começo, e para falar a verdade cultivei um preconceito contra a personagem até quase a metade do livro, entretanto, ela supera muito bem esse inconformismo com a perda e isso se deve ao nosso querido e delicioso Andrew! *Suspiros* Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: