Crash (Livro #01) – Nicole Williams

22 maio

15757434 Sinopse: Southpointe High é o último lugar no qual Lucy gostaria de cursar o último ano de escola. Isso até o momento que ela encontra Jude Ryder, um garoto cujo nome é quase um verbo, além de um sinônimo para problemas. Ele tem uma ficha maior que um tese de conclusão, e já teve seu nome suspirado, gritado e praguejado por mais mulheres que Lucy tem coragem de saber, além de viver em uma casa para garotos problemáticos onde ser problemático parece ser um status para os moradores. Lucy teve uma criação estável, e vive para usar as sapatilhas de bailarina, além de ter em seu futuro a certeza de ir para Juilliard, tentando se manter longe de problemas. Até agora. Jude é aquilo que ela precisa evitar se ela quiser separar seu passado de seu futuro. Ficar longe, ela vai acabar descobrindo, é a única coisa da qual ela é incapaz. Para Lucy Larson e Jude Ryder, amor vai acabar sendo aquilo que vai destruí-los.

Olá meninass! 🙂

Quanto tempo não é?!  Hoje irei compensar o tempo perdido sem resenhas, com a resenha desse livro maravilhoso, Crash da Nicole Williams.

Primeiro de tudo o que falar dessa capa linda?? Na maioria das vezes prefiro as capas Americanas do que as Britânicas. E peço a Deus que se alguma editora brasileira comprar os direitos dessa trilogia, que as capas permaneçam como a Americana. Tem também o fato que amo balé, e grande parte da minha vida já foi para dança, então este pode ser outro motivo por eu ser louca por essa capa!  O que vocês acham dela meninas?

 OK! Deixando o papo furado de lado, vamos à resenha.

Lucy, nossa protagonista da vez, só pensa em duas coisas: terminar o último ano do colégio – já ouvimos isso antes, não? – e se mandar para Julliard, seu sonho desde que aprendeu a dizer “J”. Um passado triste causado por uma tragédia faz com que a vida de Lucy mude completamente, sua família perfeita se torna uma família nada normal, sua casa de férias no lago, é agora sua casa permanente, e seus pais já não são mas os mesmos. Apesar de tudo isso, Lucy consegue encontrar forças na dança. O que ela menos queria era outra mudança, o que ela mais queria era um último ano pacifico na nova escola, mas ela não vai conseguir isso.

Tenho a ligeira impressão que ouvimos isso antes também… Mas não se preocupem o livro não vai ser um clichê ambulante, ou vai. Depende de você decidir isso, rsrs.

Porém, se você espera que Lucy seja uma menina mimada, cheia de inseguranças e boba, como de muitos outros clichês, minha cara, você está redondamente enganada. Eu adorei a Lucy, achei-a forte e independente, completamente decidida do quer da vida e com quem quer ficar.

Eu estava tentada a pular o primeiro período, eu estava ainda mais tentada a pular o dia inteiro, mas eu não o fiz. Apeguei-me aos meus próprios esforços e me lembrei que eu não ia deixar que dois meninos, principalmente, um menino, me reduzir a uma daquelas meninas que jogam sua vida pelo sanitário. Eu era forte, sabia como superar, e caramba, eu era melhor que isso.” 

Algumas semanas antes das aulas na sua nova escola começar, Luce bate os olhos em Jude Ryder – vai ter um paragrafo só para esse lindo. Uma coisa é certa, esse foi o encontro entre protagonista mais diferente que eu já li, e eu adoreii!!!! Adorei o fato de que é a Lucy, ser a primeira a agir mostrando interesse, deixando claro desde o começo o que quer. Amei o primeiro encontro deles, flui, não foi forçado, foi natural.

Agora, vamos para minha mais nova paixão, Jude Ryder. Que aliás, poderia ser muito bem, Jude Maddox. Pois é meninas, segurem suas calcinhas, que temos uma versão mais nova do nosso eterno briguento.

Jude, tem mais problemas que uma pessoa normalmente tem, além de ter um temperamento dos infernos – outro que tem sérios  problemas com controle de raiva – já foi preso mais do que posso contar com os dedos das mãos, com um passado ferrado, ele é tudo que um bad boy tem que ser e mais um pouco, mas ele também é extremamente bom e diria até meio ingênuo. Depois de um começo estranho entre ele e Lucy, uma amizade surge entre eles, apesar de logo virar algo mais. Ele é delicioso em sua possesividade e ciúmes sobre a Luce e quer que todos saibam que ela é dele, e ele consegue deixar isso bem pra claro para todos, de várias maneiras.

 “Como está o tornozelo, Diamond? – uma voz gritou atrás de nós. Uma voz que congelou meus pés no chão, mas me derreteu em todos os outros lugares. (…) Jude cruzou os braços, olhando para o braço de Sawyer pendurando em torno de mim, antes de olhar para mim. Sawyer fez uma pausa antes de responder – Está tudo bem. – Você que quer que ele permaneça dessa maneira? – Jude perguntou, dando um passo para frente, ainda me olhando. (…) -Você está com o seu braço de merda em algo meu. – Jude disse, seus olhos brilhando quando olhou pra Sawyer.”

O relacionamento deles é cheio de altos e baixos, e se constrói aos poucos, afinal esse é apenas o primeiro livro da trilogia.

“Eu bloquei seu caminho, empurrando-o de volta. -Vamos, Ryder. O que diabos eu sei? – Seus olhos brilharam encontrando os meus. – Você não pode ser amiga da pessoa com a qual você nasceu para passar a vida – ele disse, seus olhos escurecendo. – Portanto, vá viver sua vida e deixa a porra da minha em paz.(…)”

Como vocês podem ver nem tudo são flores para esses dois, na verdade é mais espinhos do que qualquer outra coisa, rsrs.

Para todas as fãs, como eu, de Belo Desastre, vocês não podem deixar de ler este livro, você facilmente irá devora-lo. Nicole Williams fez um livro que vai de trágico ao engraçado, acho apenas que em alguns momentos ela foi infeliz na elaboração da trama, ela poderia ter feito um desenvolvimento melhor, mas nada que impeça o livro de ser bom.  Uma coisa que eu não pude deixar de concordar com a Gabi do blog  “Livros e Citações”, é que o que realmente captura os leitores para o livro é o contraste entre a Lucy e o Jude, ela com grandes sonhos de um futuro, e aspirações pra fazer o mundo melhor, e ele que acha que desistiu da vida e que seu passado decide seu futuro.

Então meninas é isso! Livro recomendado, espero que vocês gostem, e tenham um ótimo tempo com esssa leitura.

Não esqueçam de comentar, e dar uma curtida lá no facebook! :**

Anúncios

5 Respostas to “Crash (Livro #01) – Nicole Williams”

  1. Yasmin Dorneles maio 22, 2013 às 2:03 am #

    Estou com esse livro em inglês e não li… Estou MUITO curiosa! bjs…

  2. Jordana maio 22, 2013 às 10:43 am #

    Também estou com esse livro e ainda não li. Mas depois dessa resenha fiquei ainda mais curiosa!!! Bjihos =D

  3. leticia maio 22, 2013 às 11:02 am #

    Olaaa, ele foi lançado no Brasil já? Ou só vamos conseguir baixar na internet? bjos

  4. Liliane Oliveira (@Lili_Oliver) maio 22, 2013 às 4:02 pm #

    Ahhh vou ler sim! Parabéns pela resenha! 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: