Tag Archives: Incarceron

“Incarceron” de Catherine Fisher – Resenha

31 dez

Quem acompanha a pagina do blog no Face sabe que foi a Cruela que me chantageou para ler “Incarceron”. É compulsivas, de novo ela fez chantagem emocional comigo.

Estávamos conversando sobre os livros que ela tinha que ler, e resenhar, porque ela é ninja vocês sabem, rsrsrsrsrsr, até que falei que tinha o e-book de “Incarceron” , mas não queria ler, então ela soltou um “humn”, e eu já pensei “Fudeu” porque toda vez que ela faz isso lá vem merda.

E então eu fui ler o maldito livro.

Enfim, foi por livre e espontânea pressão que comecei a ler. E agora me arrependo de não ter lido antes. E antes que você comece a se gabar nos comentários Cruela, eu não vou agradecer!

Incarceron — uma prisão futurista, selada contra visitas, onde os filhos dos prisioneiros originais vivem em um mundo obscuro dilacerado por rivalidades e selvagerias.

Uma mistura terrível da alta tecnologia — um edifício que permeia a história com vingança, e uma típica câmara de tortura medieval — cadeias, salas grandes, masmorras. Um jovem prisioneiro, Finn, tem visões assustadoras de uma outra vida, e não pode acreditar que tenha nascido e vivido sempre ali.

No mundo exterior, Claudia, filha do diretor de Incarceron, está presa em sua própria prisão pessoal — um mundo futurista construído para parecer com o passado, e com um casamento iminente ao qual teme. Ela não sabe nada sobre Incarceron, exceto que ele existe.

Mas chega um momento que Finn, dentro de Incarceron, e Claudia, fora dele, simultaneamente encontram um dispositivo — uma chave de cristal, através da qual podem conversar entre si.

E o plano de fuga de Finn inicia-se…

No primeiro capitulo nós somos jogados em Incaceron como se fossemos um prisioneiro.

Finn acordou nas cela da prisão, sem passado, sem memorias e é exatamente assim que me senti, lendo seu ponto de vista pela primeira vez. Tudo é confuso,  foi como se tivesse acordado ao lado dele e tudo que acontecia fosse arremessado na minha cara sem explicação ou motivo e eu apenas seguia a maré para sobreviver.

Finn  tem certeza que não nasceu na prisão como todos afirmavam. Sem memorias, sem saber de onde veio,  ele se apoiava nas lembranças que tinha do lado de fora e tudo que ele queria era escapar.

Entretanto, como escapar de uma prisão viva, que sente, ver e reage a tudo que acontece dentro dela?

“Paredes tem ouvidos.
Portas tem olhos.
Árvores tem vozes.
Bestas contam mentiras.
Cuidado com a chuva.
Cuidado com a neve.
Cuidado com o homem.
Que você acha que conhece.” — Músicas de Sapphique

E então, abruptamente eu fui levada para o mundo de Claudia.

Um mundo fora de Incarceron, onde a tecnologia, a modernidade, tudo que facilita nossa vida foi banido, para que a sociedade pudesse sobreviver.

O mundo antigo estava de volta: vestidos, perucas, espartilhos,  carruagens e principalmente as intrigas.

Claudia estava fadada a um casamento arranjado, com o filho da Rainha, Caspar, ela foi criada e preparada para isso por toda sua vida.

Claudia foi diferente de muitas mocinhas que “li” por aí, ela não é sequela. Sim pessoal, ela não é sequela! Ela é inteligente, esperta e sabe o que quer. E tem como diferencial  que seu  maior rival é seu pai, o Diretor de Incarceron, que ansiava pelo futuro que tinha planejado para a filha; Que ela se torne rainha. E nada ficaria no seu caminho até que isso fosse realizado.

A relação perturbadora que eles sustentam, me lembrou muito um jogo de xadrez. E fez a revelação final sobre ela um pouco chocante. Eles jogam um com o outro, constantemente, apoiados pela falsa civilidade e cortesia que os tempos antigos trouxeram de volta.

E é nesses dois mundos que vivemos!

Sim vivemos, por que o mundo que Catherine Fisher criou, te suga, e a cada linha, cada pagina você sente como se estivesse ao lado dos personagens.

Continue lendo

Capa e Sinopse de “Sapphique” de Catherine Fisher

23 nov

Mal Incarceron foi lançado e já temos notícias de Sapphique o segundo livro da série! Confiram…

Sinopse: Na escura Incarceron, os prisioneiros contam as histórias de um homem lendário: “Sapphique”, o único detento capaz de escapar da terrível Prisão. Há centenas de lendas a seu respeito, mas será que alguma delas é real?
Attia e Keiro acreditam que sim. Quando descobrem que um mágico maluco chamado Rix estaria com a luva perdida de Sapphique, eles resolvem roubá-la.
Enquanto isso, no Reino, Finn já não acha tão fácil ser um Príncipe, e se vê às voltas com dúvidas a respeito de sua própria identidade.
Quem somos nós? Podemos fazer tudo aquilo que os outros esperam de nós? Podemos escapar de nós mesmos?
Viva os terrores da Ala do Gelo, um duelo, um baile de máscaras e a temível ira de uma Prisão determinada a abandonar seus detentos à infinita escuridão e à morte.

Previsão de Lançamento para 04 de Dezembro de 2012.

Eu fiquei bem curiosa para ler o primeiro livro, sem falar que adorei as capas que são da versão de UK.

Beijos e até a próxima Obsessão!

“Incarceron” de Catherine Fisher vai ser lançado no Brasil

20 out

A Novo Século confirmou que vai lançar em novembro “Incarceron”, primeiro livro da série de mesmo nome, de Catherine Fisher.

Incarceron — uma prisão futurista, selada contra visitas, onde os filhos dos prisioneiros originais vivem em um mundo obscuro dilacerado por rivalidades e selvagerias.

Uma mistura terrível da alta tecnologia — um edifício que permeia a história com vingança, e uma típica câmara de tortura medieval — cadeias, salas grandes, masmorras. Um jovem prisioneiro, Finn, tem visões assustadoras de uma outra vida, e não pode acreditar que tenha nascido e vivido sempre ali. No mundo exterior, Claudia, filha do diretor de Incarceron, está presa em sua própria prisão pessoal — um mundo futurista construído para parecer com o passado, e com um casamento iminente ao qual teme. Ela não sabe nada sobre Incarceron, exceto que ele existe.

Mas chega um momento que Finn, dentro de Incarceron, e Claudia, fora dele, simultaneamente encontram um dispositivo — uma chave de cristal, através da qual podem conversar entre si.

E o plano de fuga de Finn inicia-se…

Os direitos de adaptação para o cinema também foram comprados pela  20th Century Fox.

%d blogueiros gostam disto: