Luxúria (Trilogia Luxúria #01) – Eve Berlin

6 out

Editora: Lua De Papel (Leya)

Sinopse: Quando Dylan Ivory, escritora de romances eróticos, recebe o contato de Alec Walker, nem imagina o quanto esse homem pode mexer com seus pensamentos. Conhecido por ser um famoso dominador em relações sadistas e sadomasoquistas, Alec tenta convencer Dylan de que a melhor forma de se aprofundar no assunto – e então escrever um livro o mais próximo possível da realidade – é viver uma experiência como submissa e sentir na pele a sensação desse tipo de relação. Para Dylan, essa proposta será difícil de ser aceita – uma vez que ela é fanática por ter o controle de tudo em sua vida. Embalados por um misto de prazer e apreensão, o casal se vê em uma situação tentadora enquanto evitam entregarem-se ao sentimento que nasce entre eles. Primeiro romance da trilogia erótica de Eve Berlin, Luxúria traz uma história envolvente carregada de desejo e amor em que cada limite superado revela sensações ainda mais prazerosas.

SE VOCÊ NÃO FOR AO LIMITE, COMO SABERÁ ATÉ ONDE PODE IR?

Mais um erótico, sim! Vocês sabem que eu gosto muiro desse gênero, leio a muito tempo, bem antes de virar moda, já tinha lido diversos livros em ebook (sim, não tem como negar que leio muitos ebooks).

Luxúria tem um tema BDSM, embora a autora não tenha usada essa sigla no livro (se usou, a tradução não manteve). É um livro bem elaborado, onde a Eve tenta passar elementos reais em uma fantasia, romance – ao contrário da E. L. James que não teve vergonha na cara em pesquisar sobre o assunto antes de escrever bobagem!

Mas continuando… Mesmo sendo um livro onde se explica muita coisa sobre o assunto, fala do SSC do BDSM que no livro foi traduzido como seguro, sadio e consensual. Fala de clubes, algumas práticas e como que uma relação assim pode ser. Claro, vamos ser realistas, é um romance, sempre existe um toque mais meloso do que a realidade.

Dylan Ivory é uma escritora em busca de “informações” para seu próximo livro, ela é extremamente irritante no começo, bem eu achei ela irritante o livro todo, mas vocês me conhecem e sabem que eu sou implicante com as protagonistas! Ela é maníaca por controle, fica pensando em coisas absurdas para fugir do que está sentindo… Ela teve uma infância difícil porque a mãe era completamente transtornada, e depois que o irmão morreu ela passou a se culpar, pois era ela que cuidava de tudo, assumindo as responsabilidades que deveriam ser da mãe.

Alec Walker é escritor também, e muito experiente em relação a Dominação e Sadomasoquismo, e ele propõem a Dylan se submeter a ele e aprender o que ela tanto queria para seu livro. Claro, no decorrer do livro a Dylan se solta, assume que é uma submissa – e vamos esclarecer que ser submissa não quer dizer ser “burro de carga” de ninguém, isso pode ser exclusivamente sexual, ou pode abranger um universo maior, depende da necessidade de cada um. Ele também tem alguns probleminhas, não tem contato com a mãe e viveu a maior parte da vida com o pai que morreu. Ambos, possuem problemas em se relacionar… percebam o drama! rsrs…

O livro é repleto de cenas eróticas, tanto no clube Pleasure Dome como na casa deles. É muito bem escrito, a narrativa flui muito bem, e para quem gosta do gênero, é uma ótima leitura. O único ponto que eu não gostei do livro foi que a autora tratou de forma muito leviana o subespaço, como se fosse muito fácil de ser alcançado. Subespaço acontece quando um submisso fica tão sobrecarregado com emoções, sensações, endorfinas e adrenalina que ele entra em um “espaço” próprio na mente, fica extremamente sensibilizado. Toda vez que a Dylan estava com o Alec ela entrava em subespaço, que isso… o homem é uma fonte de endorfinas! Oi?!

“Ele virou-a, empurrando contra a porta da frente, em que ela apoiou as maos, com o rosto a apenas poucos centímetos da madeira lisa e pintada. Então ele abaixou o ziperde seu vestido, o mesmo que ela havia usado para o encontro no Pleasure Dome na noite de sexta-feira. E que ele tirou em seguida. Ela estava nua por baixo.
– Ah… exatamente do jeito que eu gosto, minha garota – ele dislizou as mãos pelos lados do corpo dela, fazendo com que sua pele se arrepiasse. E foi descendo para os quadris, as nádegas. – Abra as pernas para mim Dylan. Vou foder você aqui mesmo.

(…) Alec mantinha a boca na parte de trás do pescoço dela, beijando, mordiscando e descendo pela espinha, percorrendo a linha do ombro. Depois ele diminuiu o ritmo, parou, e tudo que ela conseguia ouvir era a respiração ofegante de ambos. Só sentia o grande corpo dele atrás do seu, os lábios de Alec descansando contra seus ombros, seu pênis intrumescido dentro dela. O prazer era uma respiração segura, suspensa, envolta em expectativa. E então a mão dele deu um forte tapa em uma de suas nádegas, fazendo seu corpo ondular de desejo contra a porta. ” (pág. 202)

É um livro bem quente, e eu indico sim! rsrs… Mas vou confessar algo, eu esperava mais, na verdade eu estou com a cabeça tão cheia de informações que minha Ressaca Literária está com proporções catastróficas. #DRAMA. Por conta disso acho que não aproveitei tão bem a leitura.

Obs.: Conversando com a Dayana, ela falou algo que eu resolvi acrescentar aqui, parece que virou moda sempre ter um drama, um trauma psicológico do tipo obscuro nos livros eróticos, relacionamentos já são difíceis sem essa coisa Braseel… estou me cansando de livros assim, com protagonistas com grandes abusos no passado e etc… Me lembro com nostalgia de quando eu li Mestres Do Shadowlands da Cherise Sinclair, a mulher é uma diva do erótico, consegue escrever tramas deliciosas sem essa merda! #ProntoFalei

Eve Berlin possui três livros publicados nessa série com tema BDSM:

  1. Pleasure’s Edge (2010) – Luxúria
  2. Desire’s Edge (2011)
  3. Temptation’s Edge (2012)

Eu não entendo o porque a Lua De Papel sempre muda o título dos livros, ficou totalmente diferente do original, sem falar que os livros em inglês têm sempre a mesma palavra “Edge” que é “Borda” em português, caracterizando a série… quero ver o que vão fazer… Cada volume possui protagonistas diferentes.

E aí meninash, já leram? O que acharam? Comentem! Beijos e até a próxima Obsessão!

Anúncios

40 Respostas to “Luxúria (Trilogia Luxúria #01) – Eve Berlin”

  1. Diana Priscila outubro 6, 2012 às 2:00 pm #

    Adorei a resenha deu vontade de ler o livro

  2. Suellen Pimentel outubro 6, 2012 às 2:18 pm #

    hmmm! Mais um do genero erotico? Vou deixar pra ler mais pra frente pa me encontro de ressaca literária tb kkkkk . Gostei dos seus comentários Yasmin …mais um pra minha lista infinita !!

  3. Dayana Lopes outubro 6, 2012 às 2:20 pm #

    Yasmin,
    Você sabe que eu desistir faz algum tempo né? Eu tive uma ressaca depois de “50Shades”e só de ver as resenhas de tantos livros atuais com esse tema e esses traumas, rsrsrsrsr, eu ficava com preguiça.

    Prefiro ficar com os eróticos antigos mesmo; IAN, Night Huntress, Anita Blake, “Merry sexo sexo e mais sexo Gentry”, Os Vampiros Sulinos, Dark Swan, NightWalker e outros!

    • Yasmin Dorneles outubro 6, 2012 às 9:23 pm #

      Mestres do Shadowlands, tem tema BDSM e a Cherise é simplesmente maravilhosa, Maya Banks! Aaaah! isso sim é erótico! *-* Bons tempos… rsrs…

      • ingrid fevereiro 5, 2013 às 1:13 pm #

        Os livros da Maya Bank.fazem com q 50.seja baunilha,rsrsrsrs. Principalmente Doce Vício.

      • Yasmin Dorneles fevereiro 5, 2013 às 9:20 pm #

        Com certeza… mas 50 Tons é um baunilha Ingrid, apimentado, mas baunilha! kkkkkkkk…

    • ingrid fevereiro 5, 2013 às 1:10 pm #

      Concordo com vc.

  4. Angelita outubro 6, 2012 às 3:39 pm #

    Minha nossa, quando será que os escritores vão perceber que abordar qualquer estilo de genero nas literaturas, não precisam colocar como se os protagonistas fosses seres bizarros, cheios de traumas e com dificuldades em se relacionar… juro que nao leio muitos livros, pq graças que existem pessoas como vcx que fazem essas resenhas e comentam sobre, assim juro que ja estou cansada só pelo tremendo sucesso que fazem e o conteudo tao cheio de loucuras… mundo doente ja vivenciamos no dia a dia … eu hein…. até parece que se relacionar com alguem é algo doentio e um momento de tratar seus traumas…. SAI FERAAAA!

    • Yasmin Dorneles outubro 6, 2012 às 9:25 pm #

      kkkkkkkkkkkkkkk… é tenso Ang, como eu disse, estou nostalgica pensando nos eróticos sem esses dramas obscuros! Maya Banks e Cherise Sinclair são divas! rs…

      • Fer fevereiro 21, 2013 às 8:44 pm #

        E como são dicas! Os livros delas deixam esses novos no chinelo!! Ahhh suspiros por todos os verdadeiros “Doms”..Z, Marcus, Grayson, Damon…Aii socorrooo!! Aceitaria uma coleira na boa vindo de qq um desses…hihihihi

      • Yasmin Dorneles fevereiro 21, 2013 às 9:54 pm #

        kkkkkkkkkkkk… Vou nem falar nada! Mas confesso… Quem não?! hahaha… :p

      • Fer fevereiro 21, 2013 às 8:45 pm #

        Opsss… são DIVAS!!

  5. Joely outubro 6, 2012 às 5:07 pm #

    Yasmin,

    sabe de uma coisa? Assim como você já li tantaaaaaaaaaaaaaaaaa coisa, que vou me cansando….e esse negócio de gente sofrida…affffffffffffffffffffff…já basta o Z e o Acheron….Agora, depois de 10 anos, literatura erótica virou moda…..é minha amiga, já estamos na estrada a muuuuuuuuuuuuuuuuuuuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiito tempo. Sexo por sexo, eu gosto de Wicked Lovers (ruborizei agora). Masssssssssssssssss…sugestão: já leu a série Trek Mi Q’An da Jaid Black? Sexo, ficção científica e muita, muita diversão! Leia sem compromisso e perceba a sacada da autora: a série é uma gozação!! É pra ler e se divertir: muito engraçada!!!! É a coisa mais maluca e mais hot que já li na vida (e olha que eu sou super florzinha…baunilha).

    beijos

    P.S. Seu blog tá lindo

    • Yasmin Dorneles outubro 6, 2012 às 9:27 pm #

      Jo! Qto tempo! rsrs… pois é cara, é tanto livro erótico que virou modinha agora, mas os personagens são tão chatos e cheios de traumas que cansa! vou procurar essa série que vc indicou, estou precisando de algo novo e sem essas chatices obscuras que virou moda! Obrigada, e apareça sempre! bjs!

      • ingrid fevereiro 5, 2013 às 1:19 pm #

        Esse povo precisa é de um psiquiatra,psicólogo ou analista. Drama é uma coisa,mas trauma já chega. Só se for Gideon e a Eva. Adorei esse blog. Encontrei as notícias q procurava.

  6. Fabiana Brasil outubro 6, 2012 às 9:12 pm #

    Adorei saber que não sou a única a ficar irritada e implicar com as protagonistas. Acabei de conhecer o Blog e adorei. Também sou OC e principalmente com Livros. Estava em busca do “Profundamente Sua”, e achei vcs!!! Muito feliz com a novidade. Estarei sempre por aqui! Bjus e continuem escrevendo.

    IPC: Shhhhh, segredinho, eu também leio ebooks! Kkkkkkkk

    • Yasmin Dorneles outubro 6, 2012 às 9:31 pm #

      Bem vinda Fabiana! eu sou famosa por sempre implicar com as protagonistas! kkkkkkk… ngm nem liga mais para as minhas reclamações! rsrs… Profundamente Sua saiu em inglês essa semana, e para falar a vdd não estou ansiosa para ler não… rs… vou esperar a publicação aqui no Brasil msm já que não vai demorar! rs… bjs! e volte sempre!

      • rose santos outubro 7, 2012 às 9:06 am #

        adorei a resenha td de bom!! seus comentários como sempre excepcionais bj,parabéns.

      • Yasmin Dorneles outubro 14, 2012 às 1:17 am #

        Obrigada! bjs!

      • Fabiana outubro 14, 2012 às 4:14 pm #

        Putz acho que estou num momento super compulsiva!!! Lkkkkk

      • Yasmin Dorneles outubro 14, 2012 às 4:45 pm #

        kkkkkkkkkk… eu não saio desse momento! #DRAMA! rsrs…

    • ingrid fevereiro 5, 2013 às 1:21 pm #

      Brooks me salvamento da espera e se for bom é comprar o livro. Li 50 Tons em ebook e ainda bem.

  7. Liachristo outubro 7, 2012 às 9:14 pm #

    Adorei sua resenha e este já está na minha listinha. No momento estou lendo Toda Sua, bem no comecinho, mas acho que todo este frenesi em torno destes livros é sem sentido e sem noção por parte das leitoras. Gente, será que este povo, nunca leu Maya Banks, que é diva neste estilo literário, IAN, minha série preferida e tantas outros livros da Elora’s? Por onde este povo andava??? kkkkkk
    E também concordo quando você diz que não há necessidade dos protagonistas serem desajustados para gostarem de sado e de sexo mais quente! Afinal, sexo é bom, é uma coisa natural, porque tratar de uma maneira, como se pra gostar tivesse que ter problemas mentais???
    Lia Christo
    http://www.docesletras.com.br

    • Yasmin Dorneles outubro 8, 2012 às 1:53 pm #

      Exatamente! Maya Banks é diva do erótico! Quem nunca leu Sweet ou o Legado dos Colters! Muy quente! rsrs… bjs!

      • ingrid fevereiro 5, 2013 às 1:23 pm #

        Muito hot e as histórias são ótimas. Maia deixa 50 em estado baunilha. Adorei seu blog!!!!!!!

  8. Ana Mayara da Silva outubro 8, 2012 às 10:29 am #

    Olá. Eu concordo com vocês em relação a esses personagens “pobremáticos”. Ás vezes, é bonitinho ver um mocinho sofrido e atormentado, tipo o Zadist, mas é preciso dar uma variada, né? Esse livro até que me interessou. Mas personagens cheios de dramas e frescurinhas não me agradam nem um pouco. Pensando bem, é melhor ficar nos ebooks, né? Bjnhs

    • Yasmin Dorneles outubro 8, 2012 às 1:58 pm #

      kkkkkkkkkkkkk… eu AMO ter livros em casa… é minha obsessão mesmo e sou de fato compulsiva! mas com relação aos eróticos, aqui no brasil esse estilo deixa mt a desejar ainda, mesmo os romances de banca que são geralmente os mais quentes… Entrou na moda agora publicar eróticos com protagonistas atormentados “meio” que para competir com o 50Tons, mas sinceramente, as editoras se dariam melhor se publicassem eróticos da Maya Banks, Cherise Sinclair que tem o tema BDSM mas é simplesmente uma delícia e sem tormentos! rsrs… enfim… existe uma lista imensa de autoras divas! rsrs… bjs!

  9. Fabiana Brasil outubro 8, 2012 às 3:03 pm #

    Tô saindo agora para comprar o meu! Kkkkk
    Depois vou dar o meu parecer!
    Bjusssss

  10. Ana outubro 9, 2012 às 5:31 pm #

    Mais um pra lista: Falsa Submissão: Franny se envolve com Michel que curte sadomasoquismo. Depois de um tempo, Franny eh encontrada morta. Sua irmã, Nora, crê q Michel a matou. Pra provar “envolve-se” com ele.
    Ainda não acabei de ler, mas até agora há muito pouco de romantismo. Já a parte de BDSM é mais pesada e pra mim, realista.

    • Ana outubro 9, 2012 às 5:41 pm #

      Ah! Já li os dois primeiros de 50 Tons, Toda Sua e agora estou lendo tb Luxúria. Esses são bem mais leves q Falsa Submissão.
      Parece q essa autora (Laura Reese) pesquisou sobre o assunto antes de escrever o livro. E como vc disse Yasmin, bem diferente da sequência de 50 Tons… que tá mais pra “pornografia para mamães”.
      De qualquer forma, foi (está sendo) uma diversão.

    • Yasmin Dorneles outubro 9, 2012 às 9:47 pm #

      Falsa Submissão eu li, mas não fiz resenha… tenho até que fazer… ele é bem pesado… tem mts fetiches e taras que são vistas como nojentas até… e bem… mts eu msm acho absurdas! rsrs… e olha que tenho a mente muuuuito aberta! rsrs… mas é um bom livro e eu acho que o gênero dele está mais para suspense… erótico msm e cenas descritivas como vemos em 50Tons, Toda Sua e vários outros, não aparece em Falsa Submissão! bjs…

      • Isis novembro 24, 2012 às 9:05 pm #

        Eu li Luxúria e gostei muito…. estou ansiosa para ler o segundo livro.
        Aliás você sabe me dizer quando irá lançar , ou se já tem online para ler o segundo?

      • Yasmin Dorneles novembro 24, 2012 às 9:51 pm #

        Eu não sei qdo vai ser lançado o próximo livro da série… só sei que são de personagens diferentes…

  11. Daniela janeiro 11, 2013 às 6:16 pm #

    Oi Yasmin, vcs ja sabem se ja publicaram o proximo livro???? obrigada desde ja… bjoss…

    • Yasmin Dorneles janeiro 11, 2013 às 10:27 pm #

      O próximo sai final de janeiro, chama No Limiar do Desejo! bjs…

  12. Sofia Tarantino fevereiro 10, 2013 às 2:55 am #

    Muito boa sua resenha. Mas em relação a versão brasileira, se a editora publicasse com o título de “Borda” talvez não vendesse tanto. É só uma questão comercial.

    Ah, mas dentro dessa nova febre de romance hot, eu recomendo um nacional “Redes Sensuais”. Ele me tocou por ser mais real e pela trama mais elaborada sem deixar de lado o erotismo.

    Eu fiquei sabendo deste livro pelo Facebook e comprei pela internet, mas agora apareceu uma versão gratuita aqui neste link http://ge.tt/78mDJLP. Quem curte esse tipo de romance vale a pena conferir.

    Beijocas!

    • Yasmin Dorneles fevereiro 10, 2013 às 2:16 pm #

      Borda ou Limiar, como está o título do segundo volume… achei Luxúria muito cópia do comercial de 50 Tons… até a cor da capa e tals… bjs!

  13. Natália Lima fevereiro 11, 2013 às 6:48 pm #

    Finalmente alguém falou de “Redes Sensuais” então não estou ficando louca!!! Porque este livro só eu conheço, ninguém nunca ouviu falar. O problema é que trata-se de uma história com sexo sim, só que é bem mais intrigante e exige mais atenção (e inteligência) do leitor. Não sabia da versão gratuita comprei o meu pela internet meio ao ver a indicação no “Jornal da Orla” e adorei!!!!

    • Yasmin Dorneles fevereiro 12, 2013 às 1:59 pm #

      Estou para ler a um tempão o livro, mas sempre deixo para depois… vou investir! rsrs…

Trackbacks/Pingbacks

  1. Capa e Sinopse de “No Limiar do Desejo”, sequência de Luxúria « Obsessão Compulsiva - janeiro 4, 2013

    […] Vocês podem conferir a resenha de Luxúria CLICANDO AQUI! […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: